Blogueira da dicas de moda e beleza para mulheres com câncer

Blogueira fica famosa ao dar dicas de moda e beleza para mulheres com câncer

Na fase mais delicada da doença, Laura sentiu falta de um veículo de moda e beleza para mulheres com câncer

Laura Canon, 23 anos, foi diagnosticada com câncer de mama em 2012. Após dupla mastectomia, criou um blog para mostrar dicas que ajudem outras pessoas no estímulo a autoestima e acumula mais de 100 mil leitores.

A participação de Marie Claire na campanha Outubro Rosa (em combate ao câncer de mama) é focada, sobretudo, na história de mulheres mais jovens, número que cresce a cada dia nas estatísticas da doença. É o caso da inglesa Laura Canon, de 23 anos. Ela foi diagnosticada em novembro de 2012, aos 22 anos, e após seis rodadas de quimioterapia, se submeteu a uma mastectomia dupla.

Quando passou pela fase mais delicada da doença, Laura sentiu falta de um veículo de moda e beleza especializado em mulheres com câncer.

Foi aí que ela criou o blog ‘Laura Louise and her Naughty Disease’ (“Laura Louise e sua doença impertinente”, em tradução livre), com dicas para garotas que passam pela mesma situação que a dela e querem manter um visual bacana.

A página virtual tem cerca de 100 mil leitores (entre famosos com os cantores Gary Barlow e Russell Brand) e fez de Laura um símbolo de determinação entre as seguidoras da jovem nas redes sociais.

Em um post bem-humorado, a inglesa diz que o melhor modo das pessoas não repararem em seus cabelos raspados é usar um sapato glamouroso e que chame mais atenção que sua cabeça. Ela também dá dicas de como se vestir para sessões de quimioterapia. “Use uma t-shirt de estampa bem divertida, assim terá um contraste com sua cabeça careca”.

No blog, Laura fala ainda truques de maquiagem para peles desidratadas pela quimioterapia. “Sua pele pode ficar muito seco. Então invista num bom hidratante e um batom de efeito cintilante ajudará a diminuir a palidez. Ah, e nas unhas, que serão danificadas, use cores fortes e bonitas, para dar um toque de glamour a aparência fragilizada das mãos”.

Não estou dizendo que vivo arrumada. Há dias em que estou no hospital usando aquela camisola e me sentindo um lixo, apesar de cercada de médicos calorosos. Mas já basta a doença, não é legal dar espaço para rugas”, disse Laura ao jornal “Daily Mail”.

Na entrevista, ela contou que, além de se dedicar em arrecadar dinheiro para fundações que combatem ao câncer, no final da baterias de radioterapia que está fazendo pensa em escrever um livro contando sua experiência com a doença.

Compartilhe este post nas redes sociais:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on pinterest
Pinterest
Share on linkedin
LinkedIn

Posts mais recentes

Open chat
Fale Conosco!